Monday, November 16, 2015

A GUERRA DA PAZ

"Islão" significa paz, repetem recorrentemente os muçulmanos quando a violência do terrorismo jihadista os coloca perante os horrores cometidos, próximo deles, em nome de Alá. Mas a etimologia é traída pela casuística das  interpretações que cada facção lhe dá, e a paz do Islão é a guerra da paz. Desde os primórdios do Islão, quando a sucessão do Profeta provocou a guerra interminável entre sunitas e xiitas. 

- E os Cristãos, não se combateram bestialmente os cristãos, até aos nossos dias, uns aos outros? E durante as Cruzadas não foram cometidas, em nome de Deus, atrocidades sem qualificação possível?
- Foram, foram. Mas as atrocidades de uns não justificam nem atenuam as atrocidades dos outros. O terrorismo em nome de Deus ou é uma negação da sua existência ou um aproveitamento abominável do seu nome.



1 comment:

Antonio Cristovao said...

Mas as parvoeiras dos politicos sim.Há anos que vozes avisadas alertavam para a incrível gestão que os anglosaxoes e adeptos fazem das leis gerais,acantonando os cidadãos por seitas (Birmingham é quase toda a cidade) e permitindo que a policia raramente exerça a sua universal fiscalização
Ridículo que estava a ser seguido pelo autarca de Penela que se ufanava de ter escola com sala para meninas e meninos separados.