Thursday, November 21, 2013

O BANDO PORTUGUÊS DE NEGOCIATAS

Estado assume dívidas de 17 milhões de euros de Luis Filipe Vieira ao BPN, dizem os media mas dizem mal. O Estado não assume nada, quem assume é o governo, central ou local, em nome dele.
Neste, como em todos os casos em que os contribuintes sāo atingidos pelos actos dos tutores do Estado, os boys têm nomes.

Do antro que o governo do senhor José Sócrates nacionalizou de forma anedótica há já cinco anos continuam a sair ratos mas a maior parte continua encoberta e ainda nenhum foi apanhado e obrigado a regurgitar alguma coisa do que abocanhou. O que só pode ser percebível se considerarmos que os ratos tiveram, e continuam a ter, coniventes.

Do grupo daqueles que, de uma forma ou de outra, facilitaram ou consentiram o monumental roubo nāo podemos excluir a indiferença ou a ignorância de muitos portugueses.

Hoje, num restaurante popular, com um patrão benfiquista ferrenho, comentava-se a notícia envolvendo o patrão do Benfica.

- Que me diz a isto?
- Que lhe digo? Digo-lhe que outros houve que roubaram muito mais e ninguém os incomoda.

E assim se desculpabilizam os grandes larápios em Portugal.

----
BE questiona crédito ligado a L F Vieira







1 comment:

Antonio Cristovao said...

Certo.A transparencia e escrutinio ainda só entra na cabeça dos eleitores quando estivermos a falar "deles". Quando se trata dos "nossos" devem ser consideradas perseguições politicas.
tristeza de mentalidades tacanhas.