Monday, January 04, 2016

POR MAUS CAMINHOS

Todos os ministros da Educação se meteram, mais tarde ou mais cedo, por maus caminhos, segundo a avaliação permanente do sr. Nogueira.

"Ministro da Educação anuncia alterações na avaliação esta semana" -
- aqui

Avaliação dos alunos, entenda-se.
Sobre avaliação de professores, népia. 
Ainda assim, não tarda muito que o sr. Mário Nogueira não salte à estrada a dizer o que devia ter sido dito se* o ministro não disser o que ele, Nogueira, lhe disse para ele, ministro, dizer. 
E, se for o caso, chumba-o com uma greve de uns dias, para começar, aplaudida pelo PCP e pelo BE.

*Um se improvável já que o sr, primeiro-ministro garantiu publicamente que o seu governo não apresentará propostas que contrariem as exigências comunistas constantes do acordo bilateral.
E as avaliações dos alunos estão lá.
As dos professores também, mas não se fala mais nisso... São todos igual e fraternalmente bons.
Menos bons que os não tão igualitários senhores juízes, onde há, vd. aqui, bons, bons com distinção e, a maior parte, muito bons.

1 comment:

Antonio Cristovao said...

A falta da meritocracia, vai-nos afastando dos índices de produtividade da UE; e não discutir como os países de leste têm galgado degraus, enquanto os muito bons funcionários públicos e aparentados portugueses, olhando para as classificações que em geral começam no Bom, está na censura encapotada, nas noticias que nunca aparecem, e contribuem também para o declive em que iremos manter-nos.